Busca avançada
Ano de início
Entree

Data mining e análise de expressão in vivo de famílias de genes preditos de Moniliophthora perniciosa com potencial papel biológico relevante.

Processo: 09/17507-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Gonçalo Amarante Guimarães Pereira
Beneficiário:Vinicius Miessler de Andrade Carvalho
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/50119-9 - Estudo integrado e comparativo de três doenças fúngicas do cacau: vassoura-de-bruxa, monilíase e mal do facão, visando à compreensão de mecanismos de patogenicidade para o desenvolvimento de estratégias de controle, AP.TEM
Assunto(s):Theobroma cacao   Vassoura-de-bruxa   Fitopatologia

Resumo

O agente etiológico da doença vassoura-de-bruxa, que afeta o cacaueiro, é o fungo Moniliophthora perniciosa. Devido às perdas na produção de cacau com o aparecimento dessa doença e à importância econômica do cacau para o Brasil, o projeto genoma de M. perniciosa está em andamento a fim de viabilizar possíveis obtenções de métodos que contenham a vassoura-de-bruxa. M. perniciosa é um fungo hemibiotrófico por apresentar dois estágios distintos em seu ciclo de vida - biotrófico e nectrófico - e está classificado filogeneticamente no grupo dos fungos basidiomicetos e ao lado de Moniliophthora roreri, outro fungo patógeno de plantas, causador da moniliase do cacau. A partir do seqüenciamento do genoma de M. perniciosa, estudos começaram a ser feitos para identificação de genes novos e famílias gênicas de interesse potencialmente relacionados a processos importantes no desenvolvimento da vassoura-de-bruxa em cacau. Foram parcialmente identificados grupos de genes possivelmente relacionados a características peculiares de M. perniciosa como a senescência e a defesa contra stress oxidativo, além de grupos possivelmente envolvidos no processo de estabelecimento da infecção e início da patogenicidade, como os genes relacionados ao processo de autofagia e remobilização de nutrientes. De maneira a refinar os dados produzidos pela análise do genoma, é necessária uma caracterização in silico e anotação cuidadosa desses grupos de forma a criar um conjunto de dados que possa ser testado através da confirmação dos genes por PCR. Isso deve permitir a geração dos primeiros dados funcionais sobre esses grupos de genes de interesse através da análise de sua expressão sob diferentes condições de crescimento do fungo e durante a sua interação patogênica com cacau.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARAU, JOAN; GRANDIS, ADRIANA; DE ANDRADE CARVALHO, VINICIUS MIESSLER; TEIXEIRA, GLEIDSON SILVA; ALCALA ZAPAROLI, GUSTAVO HENRIQUE; SCATOLIN DO RIO, MARIA CAROLINA; RINCONES, JOHANA; BUCKERIDGE, MARCOS SILVEIRA; GUIMARAES PEREIRA, GONCALO AMARANTE. Apoplastic and intracellular plant sugars regulate developmental transitions in witches' broom disease of cacao. Journal of Experimental Botany, v. 66, n. 5, p. 1325-1337, MAR 2015. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.