Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo fitoquímico de Neoraputia magnifica var. magnifica

Processo: 96/03799-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 1996
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 1999
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva
Beneficiário:Daniela Maria Tomazela
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Fitoquímica   Rutaceae   Flavonoides

Resumo

Emmerich realizou o estudo das espécies de Raputia (Rutaceae) e deparou-se com grande hetérogeneidade morfológica. Contudo, um grupo de seis espécies apresentava grande homogeneidade em seus caracteres morfológicos. Estas seis espécies vieram a constituir um novo gênero, Neoraputia. Plantas deste gênero têm sido estudadas por nosso grupo, visando verificar se os dados químicos auxiliarão no correto posicionamento do gênero em questão. Contudo; no estudo fitoquímico de N. alba e galhos de N. magnífica foram isolados basicamente flavonóides, os quais são de ocorrência comum em quase todas as famílias de plantas. Assim, com o objetivo de encontrar metabólitos que possam ser usados para um posicionamento quimiossistemático definitivo do gênero, os frutos da espécie N. magnífica consistirá o material de estudo deste trabalho. (AU)