Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos visando a síntese total da haliclorina e análogos

Processo: 06/02801-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Ronaldo Aloise Pilli
Beneficiário:Leonardo José Steil
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Síntese orgânica

Resumo

Os alcaloides marinhos haliclorina, ácido pináico e ácido tauropináico, isolados por Uemura e colaboradores em 1996, apresentam em comum um sistema 1-aza-[4.5.0]-espirobiciclodecano. A atividade biológica da haliclorina está relacionada com a inibição de moléculas associadas à adesão de células vasculares (VCAM-1) com IC50 de 7mg/mL. O ácido pináico e ácido tauropináico são inibidores da fosfolipase A2 (FLA2). Devido à similaridade estrutural existente entre haliclorina, ácido pináico e ácido tauropináico, a proposta sintética para estes produtos naturais apresenta um intermediário chave em comum, o núcleo 1-aza-[4.5.0]-espirobiciclodecano. O trabalho já desenvolvido até o momento em nosso grupo de pesquisa, visando a síntese total racêmica estes produtos naturais tem como etapas chave a adição Michael de um enolato derivado da N-propionilpirrolidina a um éster alfa,beta-insaturado e subseqüente alquilação in situ do enolato intermediário, uma condensação de Dickmann e finalmente um rearranjo de Beckmann. As etapas-chave finais a serem desenvolvidas neste projeto envolvem uma reação de metátese e uma reação de Nozaki-Hiyama-Kishi catalítica para os três produtos naturais, uma reação de macrolactonização para a haliclorina e uma reação de acoplamento peptídico para o ácido tauropináico. (AU)