Busca avançada
Ano de início
Entree

Sensoriamento remoto e análise do buraco da camada de ozônio

Processo: 01/09902-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2001
Vigência (Término): 30 de setembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Nelson Jesuz Ferreira
Beneficiário:Iára Regina Nocentini André
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Camada de ozônio   Ozônio estratosférico   Sensoriamento remoto   Perda de ozônio   Mudança climática   Dinâmica da atmosfera

Resumo

Este estudo enfoca a variabilidade espaço-temporal do buraco da camada de ozônio na Antártida, utilizando imagens digitais de satélites e dados gerados por modelos de previsão numérica de tempo. Serão analisados os ciclos anuais, sazonais, mensais e diários do ozônio, campo de vento e temperatura, e ainda, a vorticidade potencial isentrópica. Os padrões espaciais da variabilidade dessas variáveis serão obtidos com o uso da técnica estatística das Funções Ortogonais Empíricas. Além disso, serão analisados estudos de caso diagnosticando os sistemas atmosféricos responsáveis pela expulsão de ar com baixos valores deste gás em direção à América do Sul. O período de estudo estende-se de 1979-2000. (AU)