Busca avançada
Ano de início
Entree

A paisagem urbana de São Paulo através das lentes da fotógrafa Alice Brill

Processo: 08/51042-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Anat Falbel
Beneficiário:Ricardo Marchesini Galvão
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Arquitetura   Paisagem urbana   Fotografia

Resumo

A pesquisa se propõe a uma análise da obra fotográfica da artista e escritora imigrante de origem alemã Alice Brill no que diz respeito especificamente à temática da cidade de São Paulo, retratos produzidos entre o fim da década de 1940 e o. decorrer de 1950. Utilizando como fundamentação os conceitos da percepção espacial e de significado em arquitetura, definidos pelo arquiteto e teórico norueguês Christian Norberg-Schulz, onde o espaço é interpretado em função de suas qualidades espaciais assim como da especificidade do observador, a análise da obra de Brill será feita a partir de duas perspectivas principais. A primeira delas surge de sua condição de imigrante alemã nascida em Colônia - filha de uma jornalista progressista e do pintor Erich Brill e cuja formação se inicia na Berlim do entre guerras, e a seguir no milieu cosmopolita freqüentado não somente pelos refugiados alemães em São Paulo, mas também por imigrantes de outras origens identificados com o desenvolvimento das expressões do modernismo no Brasil. A segunda perspectiva de análise se faz considerando a formação específica da fotógrafa Alice Brill desde os seus primeiros estudos formais de fotografia iniciados durante a estadia nos EUA entre 1946 e 1947, seguidos pela experiência profissional junto ao corpo editorial da revista Habitat. A pesquisa inclui ainda uma análise comparativa da obra de Alice Brill com a de outros fotógrafos de origem imigrante atuando na cidade de São Paulo no mesmo período, procurando identificar uma linguagem comum, bem como suas matrizes. (AU)