Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da expressão do receptor LGR8 no trato reprodutor masculino de ratos

Processo: 04/14841-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Maria de Fátima Magalhães Lazari
Beneficiário:Laís Cavalca Cardoso
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Relaxina   Colágeno   Células de Sertoli   Testículo   Hormônios testiculares

Resumo

Recentemente foi descrito que relaxina, apesar de estruturalmente relacionada à insulina, era capaz de ativar os receptores acoplados a proteína G com domínios ricos em repetições de leucina, LGR7 e LGR8. Inicialmente, a relaxina foi descrita somente nas fêmeas, e conhecida como um hormônio importante para o relaxamento do ligamento púbico no momento do parto. Por outro lado, o papel fisiológico da relaxina no homem não está tão bem definido. Experimentos realizados em nosso laboratório demonstraram que LGR7 possui uma ampla distribuição no trato reprodutor masculino e em esperma de rato, sendo que os maiores níveis de expressão foram encontrados em testículo e em dueto deferente. O objetivo do presente projeto é caracterizar a expressão do outro receptor de relaxina, LGR8, no trato reprodutor masculino, utilizando técnicas de RT-PCR e imunohistoquímica. Além disso, desde que relaxina promove uma remodelagem de colágeno na sínfise púbica e em fibroblastos cardíacos, queremos investigar se relaxina tem algum efeito sobre o colágeno da matriz extracelular de células de Sertoli, indicando um possível papel importante para desenvolvimento da barreira hemato-testicular e manutenção da linhagem germinativa. (AU)