Busca avançada
Ano de início
Entree

Estruturas na turbulência da borda de plasmas confinados magneticamente

Processo: 06/00625-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2006
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Pesquisador responsável:Iberê Luiz Caldas
Beneficiário:Zwinglio de Oliveira Guimarães Filho
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/54000-0 - Dinâmica não-linear, AP.TEM
Assunto(s):Física de plasmas   Análise espectral   Turbulência   Tokamaks

Resumo

Atualmente há evidências de que o transporte turbulento, que é a principal causa da perda de partículas na borda de plasmas confinados magneticamente, apresenta características universais com a presença de estruturas que contribuem de maneira significativa para o transporte observado. Assim, pretendemos investigar experimentalmente a turbulência na borda do plasma em tokamaks e stellarators com o objetivo de caracterizar estas estruturas e determinar a sua dependência com os parâmetros de equilíbrio destas máquinas, o que permitirá estabelecer leis de escala e verificar o efeito de perturbações externas nas características destas estruturas. Além disso, com estes resultados poderemos testar previsões teóricas desenvolvidas por outros pesquisadores do Projeto Temático sobre o acoplamento de ondas e transporte de partículas. Para esta investigação utilizaremos dados de flutuações turbulentas medidas dos tokamaks TCABR (do IFUSP) e CASTOR (da República Tcheca) e do stellarator TJ-II (da Espanha). Estas flutuações não estacionárias serão submetidas à análise espectral linear e quadrática (biespectral) por wavelets. Suas características também serão descritas através de suas funções de probabilidade e de suas correlações, bem como pelo formato e recorrência dos seus picos intermitentes. (AU)