Busca avançada
Ano de início
Entree

Organogênese indireta de curauá (Ananas erectifolius L. B. Smith) visando obtenção de variantes somaclonais com valores agronômicos e ambientais superiores

Processo: 09/51263-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Pesquisador responsável:Isaac Stringueta Machado
Beneficiário:Bruno Oliveira de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Bromeliaceae   Curauá   Fibras vegetais   Organogênese vegetal   Cultura de tecidos vegetais

Resumo

O curauá (Ananas erectifolius L. B. Smith) é uma planta pertencente à família das bromeliáceas nativa da Flora Amazônica com grande interesse comercial, devido a sua multiplicidade de aplicação, principalmente como produtora de fibra de excelente qualidade, sendo fonte de matéria-prima para as indústrias têxtil e automobilística. A tecnologia da cultura de tecidos é uma das áreas de grande importância da biotecnologia e vem sendo ampliada cada vez mais, visto que é possível das células e tecidos transformados, se obter plantas regeneradas. A variabilidade genética e/ou fenotípica pode ser obtida através da propagação de mudas de curauá in vitro via organogênese indireta, onde ocorre a regeneração de brotações a partir de calos. A técnica permite a indução ou manifestação de variantes somaclonais pela ação de fitorreguladores estimuladores da embriogênese somática. Desta forma serão avaliados os efeitos da citocinina TDZ e da auxina 2,4-D na indução e desenvolvimento da calogênese em gemas epicórmicas axilares, variando as concentrações de TDZ (0 a 2 mg.L-1) e 2,4-D (0 a 4 mg.L-1) formando 16 tratamentos, com 10 repetições cada. Após o desenvolvimento dos calos, os mesmos serão transferidos para meio MS basal modificado, na ausência de fitorreguladores, para a ocorrência da organogênese. Os resultados poderão permitir a seleção de matrizes melhoradas de curauá, com qualidade e produtividade de fibras superiores e maior potencial de reprodutibilidade, características importantes para o setor produtivo e ambiental. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.