Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigando o cotidiano, as práticas de apoio e o relacionamento intergeracional em famílias de crianças com necessidades especiais

Processo: 09/17763-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Thelma Simões Matsukura
Beneficiário:Juliana Archiza Yamashiro
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Irmãos   Família   Avós   Mães   Terapia ocupacional

Resumo

A família constitui-se como um complexo sistema interacional. O nascimento de uma criança com necessidades especiais pode afetar os membros de uma mesma família de maneira distinta. O objetivo deste estudo é investigar o cotidiano e as relações familiares sob a ótica de três gerações - filhos, avós e mães - de famílias de crianças com necessidades especiais após o nascimento e ao longo do desenvolvimento destas crianças. Serão participantes do estudo famílias de crianças com necessidades especiais que estejam vinculadas a escolas e unidades de saúde públicas e/ou filantrópicas de uma cidade brasileira de médio porte. Para coleta de dados serão utilizados: 1) Questionário de identificação e caracterização da criança com necessidades especiais e da família; 2) Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB); 3) Roteiros de entrevistas semi-estruturadas para mães, avós e irmãos das crianças com necessidades especiais. Os dados obtidos por meio do Questionário de identificação e do CCEB serão analisados por meio de estatística descritiva para caracterizar o perfil sócio-demográfico dos participantes. As entrevistas serão analisadas qualitativamente por meio da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados serão discutidos sob o enfoque do desenvolvimento infantil e humano e da intergeracionalidade, buscando discutirem-se aspectos comuns e específicos verificados em cada geração e os aspectos relativos à adaptação de famílias de crianças com necessidades especiais.