Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos antinociceptivos da buprenorfina, acepromazina ou da associacao buprenorfina-acepromazina em gatos.

Processo: 06/57679-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2006
Vigência (Término): 30 de novembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Stelio Pacca Loureiro Luna
Beneficiário:Luciana Alvarez Santana
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Analgesia   Acepromazina   Felidae

Resumo

O objetivo do trabalho será avaliar os limiares nociceptivos térmico (LNT) e mecânico (LNM) em gatos tratados com buprenorfina, acepromazina, ou da associação de ambas. Serão utilizados oito gatos adultos saudáveis. O LNM será avaliado por um observador através de um bracelete, posicionado no membro anterior, contendo três pinos de superfície chata que exercerão pressão sobre este, quando um manguito arterial neonatal modificado for inflado manualmente até uma resposta do animal (virando a cabeça ou balançando o membro). O LNT será avaliado por meio da utilização de uma probe contendo um elemento de calor, que promoverá estimulação térmica de 0.6ºC/seg., e um sensor de temperatura, justapostos a um manguito de pressão neonatal modificado. Este será posicionado ao redor do tórax tricotomizado por meio de uma faixa elástica. O estímulo será imediatamente cessado quando o animal apresentar tremores de pele, pular para frente, tentar morder o cabo ou vocalizar. Após quatro mensurações basais, será administrado pela via intramuscular, 0.02 mg.kg-1 de buprenorfina, 0.06 mg.kg-1 de acepromazina ou 0.01 mg.kg-1 de buprenorfina e 0.03 mg.kg-1 de acepromazina e as avaliações serão feitas após 15, 30, 45 minutos e 1, 2, 3, 4. 8, 12 horas após o tratamento (p<0.05). Entretanto, como o objetivo do estudo será avaliar a neuroleptoanalgesia resultante da associação buprenorfina-acepromazina e ao uso destes fármacos de forma isolada; permitindo a avaliação dos efeitos antinociceptivos e sedativos. (AU)