Busca avançada
Ano de início
Entree

Limiar nociceptivo mecânico e térmico de felinos tratados com morfina ou buprenorfina ou salina

Processo: 05/52561-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2005
Vigência (Término): 30 de junho de 2006
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Stelio Pacca Loureiro Luna
Beneficiário:Paulo Carnicelli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Morfina   Analgesia   Buprenorfina   Gatos   Analgésicos opioides

Resumo

A dor é, atualmente, uma das áreas de maior estudo na Medicina Veterinária, principalmente pela importância, complexidade e subjetividade no seu estudo. Levantamentos epidemiológicos na França, Finlândia, Grã Bretanha, Austrália, Canadá e África do Sul demonstram que na espécie felina, a dor é subestimada e tratada de forma ineficiente, principalmente quando comparada aos cães. Para tal, alguns autores têm desenvolvido aparelhos para a mensuração de limiar nociceptivo para gatos, visando um estudo mais objetivo da dor nesta espécie. Uma avaliação do limiar nociceptivo mecânico e térmico seria necessária para o estudo mais fidedigno da dor em felinos sob efeito de opióides, o que poderia ser extrapolado para a prática clínica. O objetivo do estudo é mensurar os limiares nociceptivo mecânico e térmico por meio de um analgesiômetro desenvolvido por DIXON et. at. (2002). Serão utilizados em 8 gatos, tratados com 0,02 mg/kg de buprenorfina ou 0,2 mg/kg de morfina ou 0,3 ml de solução fisiológica em estudo aleatorizado e cego. A injeção dos fármacos será feita pela via subcutânea, totalizando 24 repetições. Comparar-se-á os limiares de dor após cada tratamento com o valor de referência do grupo tratado com solução fisiológica. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.