Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de nanosistemas preparados pelo processo sol-gel na encapsulação e liberação controlada de fármacos

Processo: 03/09155-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2003
Vigência (Término): 30 de junho de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Celso Valentim Santilli
Beneficiário:Leila Aparecida Chiavacci Favorin
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/02258-8 - Nanomateriais cerâmicos e híbridos preparados pelo processo sol-gel, AP.TEM
Assunto(s):Controle físico-químico de qualidade dos fármacos   Materiais nanoestruturados   Nanopartículas   Processo sol-gel

Resumo

A administração de fármacos através da pele permite, em alguns casos, aumentar a eficiência do tratamento e ao mesmo tempo diminuir os efeitos colaterais. Entretanto, algumas substâncias com potente atividade terapêutica apresentam baixo fluxo de penetração através da pele. Esse fluxo é dependente de algumas propriedades morfológicas e físico-químicos das moléculas desses fármacos como o coeficiente de permeabilidade, solubilidade, tamanho, forma e carga. Uma alternativa para aumentar a absorção de fármacos pela pele é transportá-los através de um veículo cujos parâmetros morfológicos e físico-químicos citados acima sejam facilmente controlados sem alterar a molécula do fármaco e conseqüentemente, sua atividade terapêutica. Neste trabalho pretende-se avaliar a capacidade de nanomateriais inorgânicos e híbridos orgânico-inorgânicos preparados pelo processo sol-gel no transporte e liberação controlada de fármacos via cutânea. Serão estudados como matrizes sistemas inorgânicos mesoporosos a base de óxido de zircônio sulfatado e sistemas híbridos orgânico-inorgâncos a base de polyetileno glicol. Esses sistemas foram escolhidos, pois permitem controlar os sítios ao qual se ligará a molécula da droga e as condições (de pH e temperatura, por exemplo) sob as quais elas serio posteriormente liberadas. (AU)