Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressao genica do fator de regulacao miogenica (mrf) miogenica, no tecido muscular estriado esqueletico do pacu (piaractus mesopotamicus holmberg 1887: serrasalminae, characidae, teleostei), durante o...

Processo: 07/51265-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2007
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Maeli Dal Pai
Beneficiário:Nabila Scabine Pessotti
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Fatores de regulação miogênica   Piaractus mesopotamicus

Resumo

Nos peixes, o crescimento do tecido muscular ocorre por hipertrofia e/ou hiperplasia a partir dos mioblastos indiferenciados ou células miossatélites. Esses processos são regulados pelos fatores de regulação miogênica (MRFs) cuja expressão é variável entre as espécies e fases do crescimento. A expressão diferencial dos MRFs nessas fases pode controlar os mecanismos de crescimento e a celularidade muscular. O objetivo desse trabalho é avaliar a expressão gênica do MRF Miogenina, no tecido muscular esquelético do pacu, durante diferentes fases do crescimento. Os peixes serão divididos nos seguintes grupos experimentais: G1 - grupo com 10 dias após a eclosão (n=8); G2 - grupo com 15 dias após a eclosão (n=8); G3 - grupo com 30 dias após a eclosão (n=8); G4 - grupo com 90 dias após a eclosão (n=8); G5 - grupo com 180 dias após a eclosão (n=8), Os animais de cada fase estudada serão anestesiados, sacrificados e determinados q peso (g) e comprimento (cm). Fragmentos da musculatura branca dorsal de cada exemplar, em cada fase estudada, serão congelados em nitrogênio líquido. A avaliação da expressão gênica do MRF Miogenina será realizada por Reação em Cadeia da Polimerase após Transcrição Reversa (RT-PCR). Para a análise estatística dos resultados, prevemos o teste t de Student. Uma diferença de 5% (p<0.05) será considerada estatisticamente significativa. (AU)