Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das relações quantitativas entre estrutura química e atividade biológica de substâncias com afinidade pelo receptor ppar-delta empregando métodos estatísticos multivariados

Processo: 09/14030-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Kathia Maria Honorio
Beneficiário:Tábata Suller Garcia
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Relação quantitativa estrutura-atividade   Química teórica

Resumo

O diabetes mellitus (DM) tem se tornado um sério e crescente problema de saúde pública nos países desenvolvidos e em desenvolvimento devido ao aumento de sua prevalência, morbidade e mortalidade. Com esse alto índice de DM presente na população, há muitas empresas farmacêuticas e cientistas que procuram encontrar novas substâncias bioativas que sejam capazes de tratar esta doença, causando o mínimo de efeitos colaterais. Sendo assim, este projeto propõe o estudo das relações quantitativas entre estrutura química e atividade biológica de substâncias com afinidade pelo receptor PPAR-delta (Peroxisome Proliferator-Activated Receptor), alvo biológico envolvido no desenvolvimento do diabetes e de diversos processos metabólicos. Para isso, serão utilizadas metodologias computacionais de grande importância no processo de descoberta e desenvolvimento de potenciais agonistas e/ou antagonistas de alvos biológicos de interesse farmacológico. Dentre as metodologias computacionais que serão empregadas ao longo deste projeto, pode-se destacar: (i) métodos de mecânica quântica, utilizados para obtenção de propriedades moleculares e (ii) métodos estatísticos de análise, empregados durante a análise multivariada dos dados. Desta forma, o trabalho proposto tem como objetivo central entender os principais mecanismos responsáveis pela interação das substâncias em estudo com o respectivo receptor biológico e estabelecer um processo efetivo de desenvolvimento de novos ligantes bioativos do receptor PPAR-delta.