Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização dos mecanismos de morte celular diante da inibição da síntese endógena de ácidos graxos em linhagem celular derivada de melanoma

Processo: 07/54639-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Edgard Graner
Beneficiário:Karina Gottardello Zecchin
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Apoptose   Ciclo celular   Melanoma   Mitocôndrias

Resumo

A ácido graxo sintase (FAS) é a enzima responsável pela síntese endógena do ácido graxo palmitato. Diversos estudos mostram que a FAS é altamente expressa em vários tipos de tumores humanos, tais como os de próstata, mama e melanoma, estando associada a um pior prognóstico. A inibição da FAS está relacionada com a diminuição da proliferação e indução de apoptose em células tumorais. Além dos conhecidos inibidores de FAS, cerulenina e C75, a Orlistat (Xenical) inibe irreversivelmente esta enzima e o potencial quimioterápico da Orlistat tem sido estudado em alguns tipos de câncer. Recentemente verificamos que a inibição de FAS com Orlistat reduz a proliferação e induz apoptose das células de melanoma B16-F10 (Carvalho, Zecchin, et al.). Apesar da inibição da FAS também induzir a morte celular por apoptose em outros tumores, os mecanismos pelos quais esta morte ocorre no melanoma não foram completamente elucidados. O melanoma maligno é um tumor altamente agressivo, resistente à quimioterapia e que apresenta altas taxas de mortalidade decorrentes de sua capacidade de originar metástases. Os principais objetivos deste trabalho são (1) verificar qual a relação existente entre inibição da proliferação e indução de morte celular, em células de melanoma B16-F10 tratadas com os inibidores de FAS Orlistat e cerulenina e (2) verificar o possível envolvimento da mitocôndria neste processo de morte celular. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROSSATO, FRANCO A.; ZECCHIN, KARINA G.; LA GUARDIA, PAOLO G.; ORTEGA, ROSE M.; ALBERICI, LUCIANE C.; COSTA, RUTE A. P.; CATHARINO, RODRIGO R.; GRANER, EDGARD; CASTILHO, ROGER F.; VERCESI, ANIBAL E. Fatty Acid Synthase Inhibitors Induce Apoptosis in Non-Tumorigenic Melan-A Cells Associated with Inhibition of Mitochondrial Respiration. PLoS One, v. 9, n. 6 JUN 25 2014. Citações Web of Science: 17.
SEGUIN, F.; CARVALHO, M. A.; BASTOS, D. C.; AGOSTINI, M.; ZECCHIN, K. G.; ALVAREZ-FLORES, M. P.; CHUDZINSKI-TAVASSI, A. M.; COLETTA, R. D.; GRANER, E. The fatty acid synthase inhibitor orlistat reduces experimental metastases and angiogenesis in B16-F10 melanomas. BRITISH JOURNAL OF CANCER, v. 107, n. 6, p. 977-987, SEP 4 2012. Citações Web of Science: 63.
ZECCHIN, KARINA G.; ALBERICI, LUCIANE C.; RICCIO, MARIA FRANCESCA; EBERLIN, MARCOS N.; VERCESI, ANIBAL E.; GRANER, EDGARD; CATHARINO, RODRIGO R. Visualizing inhibition of fatty acid synthase through mass spectrometric analysis of mitochondria from melanoma cells. RAPID COMMUNICATIONS IN MASS SPECTROMETRY, v. 25, n. 3, p. 449-452, FEB 2011. Citações Web of Science: 4.
ZECCHIN, KARINA G.; ROSSATO, FRANCO A.; RAPOSO, HELENA F.; MELO, DANIELA R.; ALBERICI, LUCIANE C.; OLIVEIRA, HELENA C. F.; CASTILHO, ROGER F.; COLETTA, RICARDO D.; VERCESI, ANIBAL E.; GRANER, EDGARD. Inhibition of fatty acid synthase in melanoma cells activates the intrinsic pathway of apoptosis. LABORATORY INVESTIGATION, v. 91, n. 2, p. 232-240, 2010. Citações Web of Science: 41.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.