Busca avançada
Ano de início
Entree

Reestruturação em São José do Rio Preto-SP: refuncionalização de antigas áreas industriais e novas centralidades

Processo: 08/54139-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Arthur Magon Whitacker
Beneficiário:Virginia Valentim
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/16069-0 - O mapa da indústria no início do século XXI: diferentes paradigmas para a leitura territorial da dinâmica econômica no estado de São Paulo, AP.TEM
Assunto(s):Cidades médias   Espaço urbano

Resumo

Neste estudo, propomo-nos a analisar antigas áreas industriais na cidade de São José do Rio Preto, estado de São Paulo. Algumas destas áreas passaram por processos de refuncionalização e hoje lá estão instaladas empresas de comércio, serviços, indústrias recém-instaladas e, também, equipamentos de lazer e cultura. Nosso objetivo maior é procurar compreender elementos que nos permitam a identificação e compreensão do processo de reestruturação da cidade, levantando e caracterizando áreas, parques e distritos industriais do município e os relacionando a momentos históricos distintos, característicos de determinados períodos de desenvolvimento econômico. A relação destas áreas e distritos com o sistema viário, com padrões de moradia e com novos e velhos usos são, desta forma, elementos que permitirão avaliar e analisar a associação entre a reestruturação da cidade e a reestruturação produtiva, além de possibilitar uma discussão sobre a centralidade urbana, que seria analisada por meio do componente lúdico, cultural e simbólico materializado em áreas que passaram por processos de refuncionalização, tal qual a antiga área da Fábrica da Swift, em São José do Rio Preto. Há, por fim, um elemento não menos importante que é avaliar esta dinâmica numa escala distinta: a das cidades médias. Há especificidades e complementaridades, em relação a grandes cidades e metrópoles, que merecem ser investigadas. Este projeto, pela sua inserção institucional e por sua temática possui vínculos com a pesquisa Cidades médias brasileiras: agentes econômicos, reestruturação urbana e regional, financiada pelo CNPq, por meio do Edital Universal, e está inserido no Projeto Temático O mapa da indústria no início do século XXI. Diferentes paradigmas para a leitura territorial da dinâmica econômica no Estado de São Paulo, financiado pela FAPESP. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.