Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo sobre a participação dos leucotrienos e prostaglandinas nos mecanismos de fagocitose de Cronobacter sakazakii por macrófagos

Processo: 10/11967-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Lúcia Helena Faccioli
Beneficiário:Cecília Cristina de Souza Rocha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/07169-5 - Mediadores lipídicos como reguladores da resposta imune, AP.TEM
Assunto(s):Leucotrienos   Cronobacter sakazakii   Fagocitose   Prostaglandinas

Resumo

A [Enterobacter] sakazakii é uma bactéria com relevância especial em ambientes hospitalares por ser um patógeno oportunista causador de infecções em neonatal. Em 2008 a partir de uma reclassificação taxonômica a [E]. sakazakii passou a pertencer a um novo gênero denominada então Cronobacter sakazakii. Em 1961 houve as duas primeiras mortes de neonatos em conseqüência de infecção generalizada e meningite, causadas por esta bactéria e ao longo dos anos continua sendo associada a infecções nesta população em particular. Esta bactéria persiste como uma ameaça, pois apesar das melhorias no sistema de saúde como um todo, ela é também encontrada no leite em pó e é desta forma que, ainda nos dias de hoje, é responsável por uma taxa de mortalidade de 40-100% nos pacientes mais severamente afetados. A maneira encontrada por esses patógenos para vencer o sistema imune do hospedeiro é ainda desconhecida e, desta maneira, é fundamental compreender como ocorre a infecção, qual o mecanismo pelo qual as bactérias vencem as barreiras do sistema e imune e geram uma infecção generalizada no organismo, para posteriormente, desenvolver uma alternativa terapêutica. Leucotrienos e prostaglandinas são mediadores lipídicos liberados durante respostas inflamatórias e participam também nos mecanismos de defesa do hospedeiro contra agentes infecciosos. Nos últimos anos estudos referentes à função destes mediadores restringiram-se não apenas a sua participação como mediadores da resposta inflamatória, mas também como mediadores capazes de modular a síntese e liberação de citocinas durante a resposta imune adaptativa. O presente projeto propõe o estudo dos aspectos envolvidos na fagocitose da C. sakazakii por macrógafos e a investigação do papel de mediadores inflamatórios na sua propagação ao longo do tempo no espaço intracelular, já que estudos anteriores mostraram que esta bactéria permanece um maior tempo no interior dessas células como alternativa de sobrevivência. A participação dos mediadores inflamatórios envolvidos na patogênese da C. sakazakii, poderá ser observada pela adição e/ou bloqueio de leucotrienos e prostaglandinas in vitro na fagocitose da C. sakazakii. Com este estudo, pretendemos complementar o entendimento dos mecanismos de resposta imune na infecção que poderão no futuro, provir bases a intervenções terapêuticas mais eficazes.