Busca avançada
Ano de início
Entree

Pneumonia organizante: estudo da inflamação, angiogênese e apoptose nas formas idiopáticas e secundárias

Processo: 05/50836-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2005
Vigência (Término): 30 de novembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Vera Luiza Capelozzi
Beneficiário:Otavio Tavares Ranzani
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/14336-0 - Doenças pulmonares intersticiais (ILD): correlação morfo-tomográfica através de métodos histoquímicos, imunohistoquímicos e morfométricos, AP.TEM
Assunto(s):Doenças pulmonares intersticiais   Pneumonia   Imuno-histoquímica   Histoquímica   Matriz extracelular   Células epiteliais

Resumo

A pneumonia organizante (OP) é caracterizada como uma doença pulmonar intersticial (ILD), na qual se observa uma resposta pulmonar não especifica devido a muitos tipos de injúria. Tem-se casos de OP em pacientes sabidamente hígidos, onda a manifestação da OP é idiopática e casos onde a manifestação da mesma é secundária, por exemplo, a determinada doença de base do paciente. A separação correta das duas formas de OP se faz revelar mais necessária quando se pensa em prognóstico, visto que muitas das OP secundárias têm pior prognóstico, evoluindo para a forma rapidamente progressiva da doença ou sendo refratárias ao tratamento. Estudos histológicos, ultra-estruturais, funcionais e do lavado broncoalveolar há décadas são realizados, objetivando através de um melhor conhecimento dos mecanismos envolvidos, aprimorar os métodos diagnósticos e estabelecer novas terapêuticas. Apesar do progresso, muitas questões têm aparecido, estando a maioria sem resposta até o momento. Observando numerosos casos de ILDs em nossa rotina diagnóstica, em particular casos de OP, tem no chamado atenção o remodelamento da matriz extracelular e vascular; assim como alterações nos marcadores moleculares de adesão, tanto epiteliais como endoteliais e seu comportamento frente a marcadores de apoptose. OBJETIVO: estudar a relação etiopatogênica do remodelamento epitelial e vascular entre a pneumonia organizante idiopática e secundária e diferenciá-las. (AU)