Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da dureza e da rugosidade superficiais de dentes artificiais de resina acrílica após imersão em agentes de limpeza

Processo: 09/01040-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Karin Hermana Neppelenbroek
Beneficiário:Luciana Ayumi Kurokawa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Rugosidade superficial   Próteses e implantes   Higienização   Compostos químicos

Resumo

De forma similar ao que ocorre com os dentes naturais, nas próteses removíveis, parciais ou totais, a resina acrílica da base e os dentes artificiais também são cobertos por uma película salivar constituída de proteínas, carboidratos e lipídios. A limpeza inadequada das próteses propicia o acúmulo de detritos alimentares e placa bacteriana sobre a superfície das mesmas, resultando comumente em odor desagradável, desgaste dos dentes artificiais e da base da prótese e alterações inflamatórias na mucosa bucal. Quando adotada isoladamente, a escovação das próteses, método de limpeza mais usado pelos pacientes, tem sido considerada ineficiente para o controle do biofilme. Com o intuito de minimizar esse problema, tem sido sugerida a associação do método mecânico de escovação das próteses com um outro químico como a imersão das mesmas em agentes de limpeza. Apesar de vários estudos avaliarem os efeitos dessas soluções desinfetantes sobre propriedades físicas e mecânicas de resinas acrílicas para base de prótese, pouca informação está disponível na literatura pertinente em relação a esses efeitos sobre dentes artificiais. Além disso, falta conhecimento dos efeitos de agentes de limpeza sobre a camada mais externa dos dentes artificiais haja vista que para se obter uma superfície lisa que permita a avaliação das propriedades, é necessário desgastar essa camada de sua superfície oclusal. Considerando os aspectos anteriormente relatados, o presente tem como objetivo avaliar o efeito da imersão prolongada em dois agentes de limpeza comumente adotados pelos usuários de próteses sobre a dureza e a rugosidade superficiais de diferentes camadas de resina acrílica de duas marcas de dentes artificiais.