Busca avançada
Ano de início
Entree

Conservação e germinação de grãos de pólen e resgate in vitro de embriões imaturos de pessegueiro e nectarineira

Processo: 07/00298-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Edvan Alves Chagas
Beneficiário:Leandro Henrique Guglielmin Tizato
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Melhoramento genético   Palinologia

Resumo

Os maiores entraves no melhoramento genético do pessegueiro, visando à seleção de cultivares bem precoces, tem sido o baixo rendimento tanto no pegamento dos frutos quanto na germinação das sementes. Isso se deve a instabilidade do pólen armazenado e da má formação das sementes de pessegueiros de maturação precoce. Para solucionar tais deficiências, há necessidade de se pesquisar melhores métodos de conservação do pólen e de germinação de sementes malformadas. Os frutos oriundos de cruzamento envolvendo paternais precoces apresentam deficiência na alocação de nutrientes cotiledonares, causando baixa ou nula germinação das sementes. Neste contexto, o presente projeto visa pesquisar: a) a germinação dos grãos de pólen em meios de cultura com diferentes concentrações de agar, sacarose, nitrato de cálcio e ácido bórico, além de ajustes de temperatura, tempo inicial de germinação e valores de pH; b) a conservação dos grãos de pólen de pessegueiro em temperatura ambiente, câmaras frias a 5ºC e -12ºC e em crioconservação a -196º CO presente trabalho e; c) o resgate in vitro de embriões imaturos de variedades precoces, sob diferentes meios de cultura MS, Knopp, WPW, B5, acrescidas de diferentes concentrações de macronutrientes, micronutrientes, vitaminas e sacarose, reguladores de crescimento e outros compostos orgânicos. Espera-se que, tal iniciativa, possa melhorar a qualidade do pólen armazenado, a frutificação efetiva, a germinação das sementes e a obtenção de plântulas para cultivo nos campos de seleção. Os resultados poderão auxiliar significativamente na seleção de material bem precoce de pessegueiro, representando um avanço no programa de melhoramento de frutas de caroço, do Instituto Agronômico (IAC).