Busca avançada
Ano de início
Entree

DEGRADAÇÃO DE CORANTE REATIVO VIA FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA EMPREGANDO TiO2 NANOESTRUTURADO COMO MATERIAL CATALÍTICO

Processo: 08/05683-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Christiane de Arruda Rodrigues
Beneficiário:Camila Pedrosa Ferreira
Instituição-sede: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/61261-2 - Degradação de compósitos orgânicos fotocatálise heterogênea e fotoeletrocatálise empregando óxidos nanoestruturados como material catalítico, AP.JP
Assunto(s):Processos oxidativos avançados   Fotocatálise heterogênea

Resumo

Com o objetivo de aumentar a eficiência dos processos oxidativos na degradação de poluentes orgânicos, investigações de estruturas nanotubulares sobre Ti serão realizadas neste projeto. A obtenção dos nanotubos de óxido porosos auto-organizados será via processo de anodização utilizando uma solução aquosa contendo íons F-. Neste trabalho será avaliada a influência dos parâmetros: composição e pH da solução, tempo de anodização e potencial aplicado na topologia dos nanoarranjos, pelo monitoramento do comprimento e diâmetro das estruturas obtidas. Devido às características amorfas desses óxidos nanoescalares auto-organizados, diferentes temperaturas de recozimento também serão avaliadas, para a obtenção de uma fase cristalina altamente ordenada, preferencialmente anatase. Em seguida, será avaliado, nas nanoestruturas de óxido otimizadas, o seu desempenho na degradação de corantes reativos. Os resultados esperados da degradação desses compostos são a sua mineralização e a descoloração, como função das características dos nanotubos.