Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização do cultivo contínuo de células CER (chicken related cell) para a titulação de anticorpos anti-rábicos no soro de animais vacinados

Processo: 02/01086-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2002
Vigência (Término): 30 de junho de 2003
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Luzia Helena Queiroz
Beneficiário:Anderson Hiroaki Tanaka
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Citopatologia   Cultura de células   Anticorpos   Vacinas   Vírus da raiva

Resumo

As células CER são altamente sensíveis ao vírus rábico, apresentando inclusive efeito citopático e não têm sido utilizadas na rotina de diagnóstico laboratorial e na sorologia da raiva no Brasil. As técnicas utilizadas atualmente são a soroneutralização em células BHK e em camundongos, além da técnica de inibição de focos fluorescentes utilizada em algumas pesquisas. O presente projeto tem como objetivo empregar o cultivo de células CER para titulação de anticorpos anti-rábicos no soro de diferentes espécies animais, vacinadas contra a raiva. O título de anticorpos será calculado, observando-se a cavidade imediatamente anterior ao aparecimento dos efeitos citopáticos evidentes. Ao final de 72 horas, as monocamadas serão fixadas com acetona 80% ou acetona etanol durante 20 min em banho de gelo e secas à temperatura ambiente. A leitura da neutralização será feita através da técnica de Imunofluorescência direta e imunoperoxidase. (AU)