Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização das condições de processamento da cerâmica PMN sintetizada mecanoquimicamente

Processo: 02/01994-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2002
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Mario Cilense
Beneficiário:Ronald Tararam
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/01991-0 - Síntese e caracterização de filmes finos e cerâmicas ferroelétricos, AP.TEM
Assunto(s):Materiais ferroelétricos   Caracterização   Processamento de materiais cerâmicos

Resumo

Os materiais ferroelétricos contendo Pb, como niobato de chumbo e magnésio (PMN), titanato zirconato de chumbo (PZT), niobato de zinco e chumbo (PZN), titanato de lantâneo e chumbo (PLZT), etc, tem sido assunto de investigação intensivo durante muitos anos, devidas às excelentes propriedades elétricas para numerosas aplicações em eletrônica e microeletrônica. Duas são as preocupações principais durante a sinterização de materiais ferroelétricos à base de Pb, a manutenção da estequiometria química e a eliminação de fases parasitas indesejáveis, como a fase pirocloro. O objetivo deste trabalho é sintetizar o PMN e otimizar as condições de processamento. A investigação será orientada para a síntese mecanoquímica, método que envolve a moagem intensiva dos precursores (pós) (PbO, MgO e Nb2O3). Os pós serão caracterizados por difração de raios X, adsorção/desorção de nitrogênio (BET), análise térmica diferencial (DTA), bem como a microscopia eletrônica de varredura (MEV) e de transmissão (MET), permitindo otimização dás condições de moagem e temperatura de calcinação. Mais adiante os pós serão processados para obter amostras cerâmicas na forma de "bulk". As condições de prensagem e sinterização serão otimizadas baseando-se nos resultados da caracterização das amostras. A caracterização incluirá investigação microestrutural MEV e MET, medidas de densidade, análise de difração de raios X e medidas das propriedades elétricas. (AU)