Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da dispersão de gases em fotobiorreatores

Processo: 09/08257-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Telma Teixeira Franco
Beneficiário:Henrique Paier Milanez
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Bioprocessos   Transporte de massa   Cianobactérias   Fotobiorreatores

Resumo

O uso de microalgas em processos de mitigação ambiental e produção de biomassa têm sido estudados há muitos anos. Visando alcançar o sucesso em escala comercial desta tecnologia é necessário atingir a viabilidade técnica desses sistemas melhorando a transferência de massa em função do sistema de dispersão. Neste sentido, o estudo da maximização da eficiência fotossintética pela melhoria no sistema de dispersão de gases em fotobiorreatores é um passo importante para o desenvolvimento da biotecnologia de microalgas, o que implica na otimização dos parâmetros de cultivo e conhecimento das características de crescimento dos microorganismos. Assim, o projeto terá por objetivos avaliar a dispersão de gases em fotobiorreatores aplicados ao cultivo da cianobactéria Aphanothece microscopica Nägeli. Os experimentos serão realizados em 3 diferentes fotobioreatores (coluna de bolhas, airlift tublar e airlift de placas retangulares) com operação intermitente, alimentados com meio sintético BGN e inóculos de 100 mg.L-1 de culturas da cianobactéria na fase exponencial de crescimento. As condições de cultivo serão 30ºC, intensidade luminosa de 11 klux, injeção de ar contaminado com dióxido de carbono na concentração de 15%, vazões de 0,5, 1,0 e 1,5 VVM e 3 diferentes configurações dos dispersores que irão compor o sistema de dispersão de gases. Os parâmetros monitorados serão crescimento celular, pH, concentração de O2 e CO2 gasoso na entrada e saída do fotobiorreator e a concentração de CO2 na fase líquida, com monitoramento por 12 em 12h por 156h.