Busca avançada
Ano de início
Entree

Os equipamentos da rede sesc de sao paulo e sua insercao em bairros da periferia.

Processo: 01/09561-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2002
Vigência (Término): 30 de junho de 2002
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Vera Maria Pallamin
Beneficiário:Renata Maria Pinto Moreira
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Periferia

Resumo

Esta pesquisa tem a intenção de promover leituras dos espaços de lazer públicos e semi-públicos produzidos em áreas periféricas da cidade de São Paulo. Restringimos o tema de trabalho aos equipamentos da rede SESC devido à sua forma de inserção regionalizada e sua recente predisposição à expansão em bairros da periferia, bem como a relevância dessa participação nas atividades culturais da Região Metropolitana de São Paulo. Objetiva-se refletir sobre como o SESC aparece nos bairros periféricos em comparação com a forma que adquire nas áreas centrais, que critérios são utilizados na implantação, na constituição dos programas de sua rede e se cabe relacioná-los com uma lógica global de reprodução de cultura na atualidade. Este estudo se concentrará, inicialmente, nas diretrizes gerais da instituição SESC quanto à inserção de suas unidades na Grande São Paulo, criando um campo de referências para um posterior estudo detalhado de unidades desta rede que tenham inserção em bairros periféricos. (AU)