Busca avançada
Ano de início
Entree

Identidade e religião em Qumran: tradução e análise do fragmento 5q405 dos Manuscritos de Qumran

Processo: 10/51669-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Antiga e Medieval
Pesquisador responsável:Pedro Paulo Abreu Funari
Beneficiário:Jonas Machado
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Religiões   História antiga   Judaísmo   Misticismo

Resumo

Pela perspectiva da pesquisa interdisciplinar que procura integrar história antiga, língua hebraica e cultura judaica, arqueologia e ciências da religião, na busca de compreender melhor as origens identitárias de nossa sociedade judaico cristã ocidental, será feita uma tradução e análise do fragmento dos manuscritos do Mar Morto de Qumran denominado 4Q405 20 ii - 21-22. A pesquisa levará em conta o contexto dos cânticos do sacrifício sabático, conjunto ao qual pertence o referido fragmento, considerando também o contexto mais amplo dos hinos e demais textos qumrânicos. A finalidade é examinar a relação entre identidade e religião naquela comunidade, com o objetivo de compreender melhor a sociedade que produziu aqueles textos. Partindo do pressuposto de que a religião foi fator preponderante na formação de identidades na antiguidade, este trabalho se ocupará em buscar os vestígios literários de marcas de identidade manifestadas no âmbito litúrgico daquela sociedade. Visto que esse fragmento é considerado o locus significante do material que comprova a antiguidade do misticismo da mercava, um tipo específico no âmbito judaico, também está em foco a pergunta pelas origens e identidade deste misticismo que teria percorrido séculos até os tempos da Kabalá. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.