Busca avançada
Ano de início
Entree

Leucograma e proteinograma sérico, com ênfase em proteínas de fase aguda e imunoglobulinas, de bovinos e ovinos sadios ou portadores de doença inflamatória

Processo: 09/05717-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:José Jurandir Fagliari
Beneficiário:Felipe Cotrim de Sousa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Ovinos   Doenças inflamatórias   Proteínas da fase aguda   Bovinos   Imunoglobulinas

Resumo

O objetivo do estudo é determinar o leucograma e o proteinograma sérico, em especial as proteínas de fase aguda e as imunoglobulinas, de bovinos e ovinos sadios ou portadores de doença inflamatória, com intuito de verificar sua importância como biomarcadores de doenças inflamatórias/infecciosas. Serão utilizados 30 ruminantes sadios (15 bovinos e 15 ovinos) e o mesmo número de animais portadores de doença inflamatória de ocorrência natural, distribuídos nos seguintes grupos experimentais:Grupo 1: 15 bovinos saudáveisGrupo 2: 15 ovinos saudáveisGrupo 3: 15 bovinos portadores de doença inflamatória recenteGrupo 4: 15 ovinos portadores de doença inflamatória recenteSerão obtidos leucograma e concentrações plasmáticas de proteína total e de fibrinogênio, para triagem dos animais. O teor sérico de proteína total será obtido pelo método do biureto. A separação das frações protéicas será realizada por meio de eletroforese em gel de acrilamida contendo dodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE). Os resultados serão analisados pelo teste Tukey, após verificação da homogeneidade das amostras. A significância será verificada a nível de 5% de probabilidade.