Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização metabólica e quantificação de proteína transportadora de glicose GLUT4 em peixe teleósteo Centropomus undecimalis (Robalo-Flecha)

Processo: 04/14371-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:Patricia Monteiro Seraphim
Beneficiário:Fernanda Yumoto da Silva
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema musculoesquelético   Músculo esquelético   Transportador de glucose tipo 4   Jejum   Coração

Resumo

Tanto em ambientes marinhos como em água doce, os peixes ósseos desempenham complexas funções ecológicas apresentando diversos níveis tróficos, bem como possuindo diferentes hábitos alimentares. No mar, a obtenção de alimento não é uma constância, portanto, animais marinhos devem apresentar diferentes estratégias de obtenção de comida, bem como adaptações metabólicas para sobrevivência num período muito longo de privação de comida. Embora seja bem estabelecido que em peixes carnívoros a principal fonte de obtenção de energia advém de dieta rica em aminoácidos, a habilidade do peixe em sobreviver por longos períodos de jejum oferece um modelo interessante para estudo de regulação do metabolismo de carboidratos, principal substrato relacionado a este estado. Os principais hormônios atuantes no metabolismo de carboidratos são insulina (estado pós-absortivo) e glucagon (estado de jejum), e as proteínas transportadoras de glicose, conhecidas como GLUTs, sendo as principais responsáveis por permitir o acesso da glicose à célula. Desta maneira, o presente trabalho tem por objetivo principal caracterizar os parâmetros metabólicos e conteúdo de proteínas transportadoras de glicose GLUT1 (isoforma atuante na captação basal de glicose) e GLUT4 (isoforma atuante na presença de insulina) em músculos esquelético e cardíaco de peixe teleósteo marinho de importância econômica e de alto valor de pesca esportiva "Centropomus undecimalis" no estado pós-absortivo e em jejum de 2 e 5 dias. (AU)