Busca avançada
Ano de início
Entree

O medo sentido por moradores de rua da Cidade de São Paulo

Processo: 09/17681-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:José Sterza Justo
Beneficiário:Kauana Barreiro Anglés Arrigo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Medo

Resumo

Os moradores de rua sofrem várias estigmatizações: vagabundos, drogados, doentes mentais e tantas outras com o sentido de desvalorizá-los e colocá-los como inúteis ou perigosos. São alvo do escárnio e de políticas públicas higienizadoras que procuram removê-los do centro da cidade e dos demais locais onde são dados à visibilidade. Além de passarem por um processo de intensas rotulações ("homeless", pessoas em situação de rua, mendigos), catalisam uma pluralidade de contingências da atualidade que vão da pobreza às cineses que põem sujeito em constante movimento, num continuo processo de nomadização. Esses corpos dromológicos são lançados ao desafio de viver radicalmente a condição de efemeridade e provisoriedade, não tendo assegurado no cotidiano sequer um lugar para dormir, comida, agasalho e alguma proteção mínima contra ameaças e perigos corriqueiros. Nessas condições de extrema fragilidade e exposição, surge uma dentre outras tantas questões: como vivenciam o medo? Trata-se de um sentimento intenso e fundante da condição de morador de rua? Quais os medos que perpassam suas vidas? Medo da perda; medo da violência; medo das pessoas; medo líquido, disforme, espraiado por todo cotidiano? O objetivo do presente projeto é o de investigar a vivência do medo entre os moradores de rua, procurando mapear os principais medos, as causas que atribuem a esses medos e a maneira como lidam com eles. Serão participantes da pesquisa moradores de rua da região central da cidade de São Paulo. As informações serão coletadas por entrevistas semi-dirigidas e tratadas pela Análise de Conteúdo.