Busca avançada
Ano de início
Entree

Polimorfismos de nucleotideso simples na regiao promotora do gene da interleucina 10 em pacientes portadores do virus da imunodeficiencia humana, com e sem co-infeccao pelo herpesvirus associado ao sarcoma...

Processo: 07/00016-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Deilson Elgui de Oliveira
Beneficiário:Ana Rachel Oliveira Léda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia   Técnicas de genotipagem

Resumo

A síndrome da imunodeficiência adquirida (Acquired Immunodeficiency Syndro-me – aids), a quarta causa de morte no mundo e a primeira na África, é ocasionada pela infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (Human Immunodeficiency virus – HIV), um retrovírus transmitido por meio de fluidos e secreções orgânicas contaminados. No paciente infectado, o HIV desencadeia progressivo colapso do sistema imunitário, possibilitando um aumento no risco de desenvolvimento de infecções oportunistas e determinadas neoplasias malignas, notadamente aquelas associadas à infecção por vírus oncogênicos. Pacientes portadores do HIV apresentam risco elevado para o desenvolvimento de doenças associadas ao herpesvírus associado ao sarcoma de Kaposi (Kaposi’s Sarcoma-associated Herpesvirus - KSHV), ou herpesvírus humano tipo 8 (Human Herpesvirus type 8 – HHV-8), incluindo o sarcoma de Kaposi e distúrbios linfoproliferativos. O com-prometimento do sistema imunitário desempenha papel importante na patogênese das doenças associadas ao KSHV/HHV-8. Em última análise, as modificações na resposta imunitária estão vinculadas a mudanças na biodisponibilidade e atividade de citocinas, dentre as quais destaca-se a interleucina 10 (IL-10). Dados na literatura indicam que a presença de determinados polimorfismos de nucleotídeo único (Single Nucleotide Polymorphisms - SNPs) em genes codificadores de citocinas podem alterar a síntese e função dessas moléculas, influenciando a susceptibilidade ao de-senvolvimento e evolução de algumas doenças imunitárias, infecciosas ou mesmo neoplásicas. Embora a importância de vários SNPs em genes de citocinas já esteja documentada em diversas doenças, atualmente é desconhecido um possível papel de SNPs na região promotora do gene da IL-10 e a susceptibilidade para infecção pelo KSHV/HHV-8. O presente trabalho se propõe analisar a freqüência de SNPs nas posi-ções -1082 e -592 da região promotora do gene da IL-10 em pacientes portadores do HIV, com ou sem infecção concomitante pelo KSHV/HHV-8, e correlacionar os resulta-dos obtidos com os dados clínicos disponíveis.