Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos parácrinos do silenciamento de TAT e Nef do HIV-1 sobre linhagem de células endoteliais KSHV/HHV-8-positivas e negativas

Processo: 07/08596-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Deilson Elgui de Oliveira
Beneficiário:Suzane Ramos da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):HIV   AIDS

Resumo

Em 2007 foram documentadas 2,5 milhões de novas infecções pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e 2,1 milhões de pessoas morreram direta ou indiretamente em conseqüência da aids. Apesar das terapias anti-retrovirais e das campanhas de prevenção realizadas em todo mundo, os índices de infecção pelo HIV-1 continuam preocupantes. A aids ocasiona um grave comprometimento do sistema imunológico, que enseja o desenvolvimento de infecções oportunistas e neoplasias malignas. Dentre os cânceres comumente observados em pacientes portadores do HIV-1 estão o carcinoma de colo uterino, linfomas não-Hodgkin e o sarcoma de Kaposi (SK). Este último possui como agente etiológico o vírus associado ao sarcoma de Kaposi, também denominado herpesvírus humano tipo-8 (KSHV/HHV-8). Digno de nota, o SK associado a aids (SK-AIDS) apresenta a maior agressividade biológica dentre as quatro formas de SK descritas, o que levanta questões sobre as relações existentes entre o HIV-1 e o KSHV/HHV-8. A maioria das informações disponíveis na literatura sinaliza um papel importante da tat do HIV-1 na relação entre esses vírus; por outro lado, são raros os trabalhos sobre as influências de nef do HIV-1 na patogênese do SK-AIDS. O presente estudo visa avaliar o efeito do silenciamento da expressão de tat e nef em células linfoblastóides T portadoras do HIV-1 (CLTs/HIV+) sobre células endoteliais com e sem o KSHV/HHV-8. Células endoteliais KSHV/HHV-8 positivas e negativas serão co-cultivadas com CLTs/HIV+ submetidas a diferentes tratamentos com RNA de interferência (RNAi) para silenciamento dos genes de tat e nef do HIV-1. Serão avaliados dois grupos experimentais principais constituídos, por células endoteliais sem e com KSHV/HHV-8, respectivamente. Cada grupo será subdividido em cinco de acordo com o tratamento ao qual foram submetidas as CLTs/HIV+: RNAi para silenciamento de tat, RNAi para silenciamento de nef, os respectivos controles negativos (i.e., scrambled RNAi para tat e para nef) e com RNAi sem ação contra genes humanos ou do HIV-1. As células endoteliais com e sem KSHV/HHV-8 serão avaliadas in vitro quanto à proliferação e viabilidade, apoptose e atividade da telomerase. Ao final do estudo, a análise dos parâmetros citados fornecerá dados sobre as funções diretas e indiretas de tat e nef do HIV-1 sobre as células endoteliais com e sem o KSHV/HHV-8, contribuindo para a elucidação da etiopatogênese do SK-AIDS. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, SUZANE RAMOS; DE OLIVEIRA, DEILSON ELGUI. HIV, EBV and KSHV: Viral cooperation in the pathogenesis of human malignancies. Cancer Letters, v. 305, n. 2, SI, p. 175-185, JUN 28 2011. Citações Web of Science: 38.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.