Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da temperatura na biologia e desempenho reprodutivo do parasitoide Apanteles galleriae Wilkinson (Hymenoptera: Braconidae) em Galleria mellonella Linnaeus e Achroia grisella Fabricius (Lepidoptera: Pyralidae) como subsídio para a otimização de criação massal

Processo: 07/58178-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 30 de novembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:José Chaud Netto
Beneficiário:Manoela Meyer Soares de Freitas
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Controle biológico   Temperatura atmosférica   Galleria mellonella   Desenvolvimento animal

Resumo

Pesquisas com o endoparasitoide Apanteles galleriae buscam otimizar o controle biológico das traças-da-cera Galleria mellonella e Achroria grisella. A temperatura seria um fator limitante para as criações laboratoriais. Pretende-se estudar o efeito desta variável na fecundação, oviposição e desenvolvimento de A. galleriae, para o máximo aproveitamento do potencial de parasitismo deste organismo. Para isso serão utilizadas 4 temperaturas (22, 25, 28 e 31º C) para testar diferentes hipóteses. A Hipótese 1 assume que somente o desenvolvimento do endoparasitoide seria afetado pela variação de temperatura. Portanto, a exposição dos organismos aos tratamentos ocorreria somente nessa fase. Na Hipótese 2, todo o ciclo seria afetado. Na Hipótese 3, somente a oviposição seria afetada e, na Hipótese 4, somente a fecundação sofreria a influência da variação térmica. Em cada experimento serão avaliados: a razão sexual, a longevidade, a sobrevivência, o período do dia em que ocorre a emergência dos parasitoides machos e fêmeas e o tempo médio de desenvolvimento dos parasitoides. Os resultados obtidos na pesquisa inicialmente serão submetidos a uma análise descritiva e, caso apresentem distribuição normal, serão comparados por meio de uma análise de variâncias. A significância das diferenças entre as médias obtidas para cada variável será avaliada pelo teste Tukey. Os dados de sobrevivência serão ajustados à distribuição de Weibull. Será estimada uma constante térmica K, expressa em dias (GD), a partir dos dados obtidos no experimento 2. Uma Tabela de Vida será desenvolvida com os dados de longevidade registrados na pesquisa. (AU)