Busca avançada
Ano de início
Entree

Potenciais evocados auditivos de longa latencia na sindrome da imunodeficiencia adquirida.

Processo: 09/50357-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Carla Gentile Matas
Beneficiário:Deborah Palma
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Potenciais evocados auditivos   HIV

Resumo

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), que infecta as células do sistema imunológico, destruindo-as ou prejudicando suas funções. Com a evolução da doença, além do comprometimento do sistema nervoso auditivo periférico pode ocorrer o acometimento do sistema nervoso auditivo central, levando a dificuldades na atenção, discriminação reconhecimento e compreensão da informação auditiva (Bankaitis e Keith, 1995). Atualmente, estudos têm demonstrado que, além das alterações nos testes auditivos centrais comportamentais, anormalidades eletrofisiológicas nos Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Encefálico (PEATE) e Potenciais Evocados Auditivos de Longa Latência podem ser encontrados precocemente (Birchall et al., 1992; Somma-Mauvais e Farnier, 1992; Bankaitis e Keith, 1995; Bankaitis et al, 1998; Mata Castro et al., 2000; Reye-Contreras et al., 2002), antes do aparecimento clínico de sintomas como comprometimento neurológico e déficits cognitivos, que fazem parte do complexo demencial da AIDS (Ollo, Johnson, Grafman, 1991; Smith et al, 1998). O objetivo desse estudo é caracterizar os potenciais evocados auditivos de longa latência na síndrome da imunodeficiência adquirida. Serão submetidos a avaliação audiológica e eletrofisiológica da audição 50 indivíduos adultos, sendo 25 com HIV/AIDS (grupo estudo) e 25 saudáveis (grupo controle). Os dados acerca dos potenciais evocados auditivos de longa latência de ambos os grupos serão analisados e comparados entre si. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)