Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da atividade fotocatalítica de SnO2/Fe2O3 e SnO2/TiO2 preparados com SnO2 resultante do tratamento de resíduos de amálgama dental

Processo: 08/05098-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Claudia Longo
Beneficiário:Laura Pires Gentil Negrão
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Óxidos semicondutores   Fotocatálise heterogênea   Dióxido de estanho   Fenol   Processos oxidativos avançados

Resumo

Óxidos semicondutores têm sido utilizados na degradação de poluentes orgânicos por fotocatálise heterogênea (FH). Sob irradiação com energia superior à energia de banda proibida do semicondutor, ocorre a separação de cargas elétron/lacuna e a formação de radical hidroxila (*OH), um agente oxidante capaz de promover a mineralização de diversos compostos orgânicos a CO2 e água. Em nosso Grupo de pesquisa estamos investigando a atividade fotocatalítica de óxidos semicondutores por FH e por fotocatálise heterogênea eletroquimicamente assistida (FHE). A aplicação de um potencial externo inibe a recombinação de cargas e aumenta a eficiência da atividade fotocatalítica do óxido. A proposta para este projeto de Iniciação Científica consiste em investigar uma possível aplicação de SnO2 como fotocatalisador para degradação de fenol, um poluente orgânico persistente presente nos efluentes de diversas indústrias. O SnO2 que será investigado é produzido no processo de tratamento de amálgama dental realizado no Laboratório de Gerenciamento de Resíduos Odontológicos da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (LAGRO, FORP). Como o SnO2 apresenta baixa atividade catalítica, a proposta consiste em preparar óxidos mistos de SnO2/TiO2 e SnO2/Fe2O3 e avaliar a atividade destes materiais na degradação de fenol. Os estudos serão realizados inicialmente com suspensões de partículas dos óxidos e com filmes porosos depositados em eletrodos, visando investigar a atividade fotocatalítica em condições de FH e FHE. A porcentagem de degradação do fenol será avaliada por medidas de Carbono Orgânico Total.