Busca avançada
Ano de início
Entree

Metodologia para análise de reinvacao de eritrócitos por citometria de fluxo: avaliação da funcionalidade dos anticorpos específicos ao Plasmodium Chabaudi contra a reinvasão ao longo do tempo pós-..

Processo: 08/52699-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Maria Regina D'Império Lima
Beneficiário:Henrique Borges da Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Merozoítos   Malária   Linfócitos   Plasmodium chabaudi   Imunidade

Resumo

Estima-se que a malária seja responsável por um milhão de mortes anuais, atingindo principalmente crianças. O sistema imune exerce uma contribuição fundamental na proteção contra a infecção pelo plasmódio, o agente causador da malária. Entre as células envolvidas no controle dos parasitas do sangue destacam-se os linfócitos B, T CD4+ e T CD8+. No entanto, um estudo recente realizado em nosso laboratório indica que a resposta dos linfócitos T decai rapidamente com o passar do tempo após a infecção pelo Plasmodium chabaudi, correlacionando com a diminuição da imunidade capaz de proteger contra a re-infecção. Este estudo mostra também a inexistência de correlação entre os níveis séricos de anticorpos específicos e a imunidade contra esses parasitas. Estes resultados são interessantes, pois sugerem que a queda da imunidade celular, e não da imunidade humoral, seria responsável pela diminuição com o tempo após a infecção da capacidade de controlar o desafio com os parasitas. Assim, a fim de dar subsídios a essa hipótese, este projeto tem como objetivo central verificar se a capacidade dos anticorpos específicos de inibir a infecção de eritrócitos, assim como os níveis séricos, se mantém ao longo do tempo após a infecção. Para tanto, pretende-se desenvolver uma nova metodologia para análise de reinvasão por citometria de fluxo. O projeto será dividido em dois objetivos principais: 1) Desenvolvimento de uma metodologia para marcação de merozoítos com diferentes fluoróforos e posterior incubação com eritrócitos, não-infectados, com o objetivo de verificar, por citometria de fluxo, a reinvasão de eritrócitos, e 2) Aplicação dessa metodologia, testando amostras já existentes de soros de camundongos imunes contra P. chabaudi (amostras de diferentes dias pós-infecção primária). Estes dados poderiam descartar a possibilidade de que a diminuição da produção de anticorpos capazes de inibir a re-invasão dos eritrócitos fosse responsável pela queda da imunidade contra o P. chabaudi, apoiando assim o envolvimento da imunidade celular nesse processo. (AU)