Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de composto alcóxiciclohexílico análogo ao fármaco miltefosina e estudo da atividade antichagásica

Processo: 09/15574-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Carlota de Oliveira Rangel Yagui
Beneficiário:Ellen Muniz Shergue
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Chagas   Química farmacêutica   Miltefosina

Resumo

A tripanossomíase americana ou doença de Chagas é uma doença endêmica cujo agente causal, Trypanosoma cruzi, determina nos seres humanos quadros clínicos com características e conseqüências muito variadas. A estimativa de infectados pelo parasita atinge números da ordem de aproximadamente 16 a 18 milhões (WHO, 2009). Não existe, até o presente momento, tratamento específico preventivo ou curativo para a doença de Chagas crônica, sendo os medicamentos atuais úteis apenas na fase aguda e ainda assim com grandes limitações. Os parasitas causadores da Tripanossomíase e da Leishmaniose pertencem à família Kinetoplastidae e, por partilharem traços biológicos comuns, fármacos com atividade comprovada frente à Leishmania sp. apresentam-se como potenciais candidatos à fármacos para tratamento de tripanossomíases. (Olliaro et al., 2002). Entre eles encontra-se a miltefosina, primeiro fármaco com eficácia via oral para o tratamento de leishmaniose visceral. Visando a obtenção de compostos mais eficazes, algumas estratégias são utilizadas em planejamento e desenvolvimento de fármacos por modificação molecular, como, por exemplo, a regra das mínimas modificações, na qual os análogos são obtidos através de pequenas modificações em sua estrutura, apresentando alta similaridade com o protótipo.O presente trabalho objetiva sintetizar o análogo alcóxicicloalquílico da miltefosina, que foi planejado através destas estratégias básicas para a busca de análogos mais eficazes. O composto obtido será caracterizado através de espectroscopia na região do infravermelho e espectroscopia de ressonância magnética nuclear de prótons e os ensaios de atividade biológica serão realizados frente à forma epimastigota do Trypanosoma cruzi.