Busca avançada
Ano de início
Entree

A suplmentacao profilática de magnésio na nefrotoxicidade da Anfotericina B

Processo: 04/15113-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2005
Vigência (Término): 31 de março de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Seguro
Beneficiário:Camila Hitomi Nihei
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anfotericina B   Lesão renal aguda   Magnésio

Resumo

A anfotericina B é o antifúngico mais usado no tratamento de micoses profundas, um dos principais efeitos colaterais desta droga é a nefrotoxicidade, caracterizada por queda da filtração glomerular conseqüente à vasoconstrição renal, e defeitos tubulares como poliúria, aumento da excreção urinária de potássio e magnésio e acidose tubular renal. Estudos anteriores de nosso Laboratório mostraram que a suspensão desta droga em emulsão lipídica, protege o rato da queda da filtração glomerular e discretamente da perda urinária de potássio. Recentemente o magnésio tem sido estudado como protetor da insuficiência renal pós-isquemia é nefrotóxica pelas suas propriedades como vasodilatador renal e como modulador de enzimas e reações que requerem ATPases na célula tubular renal. O objetivo deste trabalho é de avaliar um possível efeito protetor da suplementação de magnésio sobre a nefrotoxicidade da Anfotericina B no rato, através das técnicas de clearance e de medida do fluxo sanguíneo renal com fluxômetro (ultrassônico). (AU)