Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP s) nos sedimentos da região circunjacente aos emissários submarinos de esgoto do tebar e Araçá, São Sebastião - SP

Processo: 06/57814-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Silvio Miranda Prada
Beneficiário:Loredane Tardin Garcia
Instituição-sede: Centro Universitário FIEO (UNIFIEO). Fundação Instituto de Ensino para Osasco (FIEO). Osasco , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:02/02611-2 - Foraminíferos do litoral de São Paulo: circulação hídrica atual e implicações paleoestuarinas e paleoceanográficas, AP.JP
Assunto(s):Sedimentos

Resumo

Os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP's) são poluentes ubíquos que podem ser detectados nas mais diferentes matrizes ambientais, bióticas e abióticas. A introdução destes compostos no ambiente aquático pode resultar na acumulação desses tanto na cadeia alimentar ecológica, quanto na dos seres humanos. Alguns HAP's são conhecidos ou suspeitos de possuírem características carcinogênicas e mutagênicas, como o benzo[a]pireno. Efluentes industriais e esgotos domésticos contêm altas concentrações de HAP's particulados e solúveis, e juntos com o escoamento superficial do solo e a deposição do ar, representam as principais fontes de HAP's para o ambiente aquático. No corpo d'água, estas espécies tendem a se depositar nos sedimentos, e a partir deles as mesmas podem ser transferidas para os organismos que habitam essa região. Na última década do século passado foram construídos vários emissários submarinos no litoral do Estado de São Paulo, caracterizando-se esta como a principal forma de afastamento de despejos provenientes dos diversos usos da água pelas atividades humanas nas regiões costeiras. Considerando isso, o objetivo do projeto é avaliar a qualidade dos sedimentos, com ênfase à concentração de HAP's, nas áreas circunjacentes aos difusores dos emissários submarinos de efluentes industriais do TEBAR, e domésticos do Araçá, São Sebastião, litoral norte do Estado de São Paulo, com o intuito de avaliar os possíveis efeitos tóxicos provocados pelos esgotos à biota marina. (AU)