Busca avançada
Ano de início
Entree

Variação da abundância e riqueza de espécies de aves de sub-bosque numa paisagem fragmentada

Processo: 00/08046-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2001
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Jean Paul Walter Metzger
Beneficiário:Alexandre Camargo Martensen
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/05123-4 - Conservação da biodiversidade em paisagens fragmentadas no Planalto Atlântico de São Paulo (Brasil), AP.BTA.TEM
Assunto(s):Ecologia da paisagem

Resumo

Atualmente, um dos maiores problemas para a manutenção da diversidade biológica é a fragmentação. Esta isola populações em pequenas manchas de mata, que por vezes são tão pequenas que não sustentam populações geneticamente viáveis, afetando a diversidade e a abundância de animais e plantas. Este problema apresenta-se de forma intensa no Estado de São Paulo, devido ao avançado processo de desmatamento, que reduziu para 6% a cobertura vegetal original. As aves de sub-bosque apresentam características fisiológicas e comportamentais, que as impedem de atravessar grandes extensões de área sem cobertura florestal, o que as toma particularmente afetadas pela fragmentação. Os objetivos deste trabalho são: i- Comparar a abundância e riqueza das aves de sub-bosque de três fragmentos florestais com três áreas de mata contínua; e ii- Analisar possíveis diferenças do impacto da fragmentação em três diferentes guildas (frugívoros, nectarívoros e insetívoros). Redes de neblina ("mist-nets") serão utilizadas para a captura das aves, num total de 600 horas em cada uma das áreas estudadas. Para a avaliação da diversidade nas diferentes áreas serão utilizados os índices gerais de diversidade de Shannon e Simpson. As comparações da composição entre as áreas serão feitas através dos índices de Simpson ou Sorensen. Também serão calculados os índices de abundância das espécies nos diferentes tratamentos, sendo que estes serão comparados através do Teste T pareado. Este mesmo teste será utilizado para as comparações entre os valores de diversidade das comunidades. Serão calculados os índices de diversidade por grupo de espécies (frugívoros, nectarívoros e insetívoros), sendo que estes serão comparados, a princípio, através do teste não-paramétrico de Mann-Whitney. Desta maneira, o presente estudo visa dar subsídios para a compreensão do efeito da fragmentação, em especial com relação às aves de sub-bosque da região do Planalto Cristalino de Ibiúna. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.