Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise de estruturas fotonicas 3d por elementos finitos nos dominios do tempo e da frequencia.

Processo: 02/11094-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2004
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Telecomunicações
Pesquisador responsável:Hugo Enrique Hernández Figueroa
Beneficiário:Cosme Eustaquio Rubio Mercedes
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14270-8 - Centro de Ciências Ópticas e Fotônica, AP.CEPID
Assunto(s):Óptica integrada

Resumo

O objetivo desta pesquisa é de modelar, da forma mais geral possível, estruturas fotônicas 3D, com geometrias arbitrárias e cujos materiais envolvidos poderão apresentar anisotropia, perdas, dispersão e não-linearidades. Com este fim, pretende-se desenvolver códigos robustos e eficientes, baseados no método dos elementos finitos vetoriais nos domínios do tempo e da freqüência, capazes de resolver as equações de onda vetoriais deduzidas a partir das equações de Maxwell. Para delimitar o domínio computacional, diversas condições de contorno são aplicadas, tanto nas regiões de radiação guiada, quanto nas regiões de radiação hão guiada. O trabalho será executado em quatro etapas. Na primeira e na segunda etapa, desenvolveremos códigos robustos em elementos finitos vetoriais no domínio da freqüência, e testaremos os códigos desenvolvidos, respectivamente. Na terceira etapa, desenvolveremos códigos robustos em elementos finitos vetoriais no domínio do tempo, e na quarta etapa testaremos de forma detalhada os códigos desenvolvidos na terceira etapa. Diversas aplicações de interesse atual serão analisadas em detalhe, utilizando-se os códigos desenvolvidos, visando propor novos dispositivos fotônicos integrados. Especial atenção será dada as junções ópticas 3D e os guias fotônicos definidos sobre meios periódicos, chamados de PBGS (photonic band gap structures). (AU)