Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de patógenos no sêmen bovino pela técnica de multiplex-PCR (reação em cadeia pela polimerase)

Processo: 00/03218-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2000
Vigência (Término): 30 de abril de 2001
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:José Fernando Garcia
Beneficiário:Sergio Moraes Aoki
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:97/13372-9 - Identificação de polimorfismo de DNA em genes relacionados com o desenvolvimento corporal e precocidade sexual em bovinos, AP.JP
Assunto(s):Sêmen   Espermatozoides animal   Patógenos   Bovinos   Transferência de embriões animal   Cruzamento animal

Resumo

A seleção de bovinos com índices zootécnicos superiores tem sido realizada desde os tempos mais remotos, sendo que a principal ferramenta para esta seleção foi o cruzamento direcionado. Com o passar dos anos, várias outras tecnologias foram surgindo, entre elas a inseminação artificial (I.A.) e a transferência de embriões (T.E.), que permitiram o intercâmbio de material genético de melhor qualidade entre os países, e conseqüentemente um aumento na produção de carne e leite. Apesar do potencial dessas biotecnologias, existe a possibilidade de contaminação do sêmen e dos embriões por agentes patogênicos. Tal consideração tem sido motivo de preocupação para criadores, centrais de inseminação, centrais de transferência de embriões e para as autoridades sanitárias dos países que utilizam essa tecnologia ou que desejam barrar algumas doenças exóticas que eventualmente possam ser introduzidas através desses veículos. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo desenvolver a técnica de multiplex-PCR para o diagnóstico de Campylobacter fetus, Brucella abortus e Trichomonas foetus no sêmen bovino, determinando qual a concentração mínima desses patógenos no sêmen para que essa técnica seja eficiente. (AU)