Busca avançada
Ano de início
Entree

Anurofauna associada a fragmentos florestais na região noroeste do Estado de São Paulo

Processo: 08/57489-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Denise de Cerqueira Rossa-Feres
Beneficiário:Heloisa Jesus de Almeida
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/04820-3 - Fauna e flora de fragmentos florestais remanescentes no noroeste paulista: base para estudos de conservação da biodiversidade, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Anura   Diversidade   Ecologia de comunidades   Riqueza de espécies

Resumo

A conservação da biodiversidade representa um dos maiores desafios deste final de século e a perda de áreas florestais é uma das principais ameaças à biodiversidade, sendo os anfíbios um dos táxons mais afetados. Além da perda de habitat a fragmentação prejudica a dispersão dos anuros, pois geralmente as espécies desse grupo apresentam fase larval primariamente aquática, adulto com pequeno porte e respiração cutânea, apresentando maior dependência de diversos fatores ambientais, como umidade do ar, cobertura vegetal, presença de água e distância entre áreas de forrageio e/ou estiva e locais de reprodução. Estudos recentes na região noroeste indicam que fragmentos florestais influenciam a riqueza e abundância populacional de espécies de anuros de área aberta, que os utilizam como áreas de refúgio durante a estação seca, abrigos diurnos durante a estação reprodutiva e como área de forrageio. Dessa maneira, entender os padrões de distribuição e o uso de remanescentes florestais pela anurofauna da região permite a obtenção de uma base de dados fundamental para futuras propostas de manejo dessa fauna. Este trabalho tem como objetivo determinar a diversidade da anurofauna associada a remanescentes de Floresta Estacional Semidecidual na região noroeste do estado de São Paulo e verificar a influência de características da paisagem na regulação dessa diversidade. Serão empregadas duas metodologias de amostragem: Armadilhas de Interceptação e Queda, já instaladas em nove fragmentos florestais e Amostragem em Sítio de Reprodução em um a dois corpos d'água próximos aos fragmentos, de modo a determinar de modo mais completo a riqueza de espécies associada aos fragmentos. As análises incluirão a aplicação de índices de riqueza, de diversidade, de similaridade e regressão múltipla para avaliar o efeito de descritores da paisagem sobre a riqueza de espécies. O presente projeto está vinculado ao projeto temático "Fauna e flora de fragmentos florestais remanescentes no noroeste paulista: base para estudos de conservação da biodiversidade". (AU)