Busca avançada
Ano de início
Entree

Isolamanto e caracterizacao bioquimica e funcional de uma l-aminoacido oxidase do veneno de bothrops jararaca.

Processo: 06/04275-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2006
Vigência (Término): 30 de novembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Andreimar Martins Soares
Beneficiário:Danilo Luccas Menaldo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Toxicologia

Resumo

Os venenos de serpentes são ricos em proteínas, enzimas e peptídeos biologicamente ativos. Diversas enzimas tais como fatores coagulantes (FCs), metaloproteases (MPs), L-aminoácido oxidases (LAAOs) e fosfolipases A2 (PLA2s), são responsáveis pelo quadro clínico do envenenamento ofídico. Atualmente, estas enzimas também se tornaram valiosas ferramentas de aplicação biotecnológica, na busca de novos fármacos de interesse na clínica-médica. Portanto, este projeto tem como objetivo o isolamento de uma L-aminoácido oxidase (BjarLAAO) do veneno de Bothrops jararaca, caracterizando-a: (i) quimicamente através da determinação da massa molecular relativa, ponto isoelétrico, composição em aminoácidos, seqüência N-terminal e análise de carboidratos; (ii) enzimática e farmacológicamente através das atividades L-aminoacido oxidase, coagulante, efeito sobre plaquetas, indução de edema, e hemorragia; (iii) estruturalmente pela análises da estrutura secundária através do dicroísmo circular e (iv) possíveis aplicações biotecnológicas através de atividades antitumoral, antimicrobianas, antifúngica e antiparasitária. Desta forma estaremos estudando os possíveis mecanismos de ação e a participação desta enzima no envenenamento ofídico, buscando proteínas naturais de venenos de serpentes que possam ser utilizadas como novos modelos para estudos bioquímicos e farmacológicos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)