Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização enzimática, funcional e estrutural de uma Fosfolipase A2 ácida isolada do veneno de Bothrops moojeni

Processo: 03/01877-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2003
Vigência (Término): 31 de julho de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Andreimar Martins Soares
Beneficiário:Lucas Blundi Silveira
Instituição-sede: Centro de Saúde. Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/07486-9 - Toxinas e anti-toxinas naturais: isolamento, caracterização bioquímica funcional e estrutural, AP.JP
Assunto(s):Ensaios enzimáticos   Serpentes   DNA complementar   Fosfolipases A2

Resumo

O presente trabalho propõe a caracterização enzimática, funcional e estrutural de uma fosfolipaseA2 ácida do veneno de serpente Bothrops moojeni. Abordando os seguintes aspectos: isolamento em duas etapas, por cromatografia de troca iônica e RP-HPLC, caracterização bioquímica (peso molecular e ponto isoelétrico), enzimática (efeitos dose, temperatura e pH dependentes), funcional (atividade, fosfolipásica, anticoagulante, edematogênica, toxicidade e microbicida) e estrutural (seqüência completa do cDNA e análise da estrutura primária). Estudos adicionais de modificação química do resíduo de His48, altamente conservado na grande maioria destas enzimas, e a dependência ou não de íons Ca++, poderão trazer informações complementares sobre o mecanismo de ação desta PLA2 ácida de B. moojeni. Através destes estudos funcionais e da análise estrutural desta PLA2 ácida, poderá se obter maiores informações sobre os fatores que determinam a toxicidade destas enzimas, uma vez que, aparentemente está ausente nas fosfolipases A2 ácidas e presentes nas básicas. Visando, desta forma, obter dados complementares sobre as características responsáveis pelas atividades farmacológicas e tóxicas, e o melhor entendimento da participação ou não das PLA2 ácidas no envenenamento ofídico causado por esta serpente. (AU)