Busca avançada
Ano de início
Entree

Extração e purificação de ácidos graxos, tocoferóis, fitosteróis e Monoacligliceróis através do processo de destilação molecular

Processo: 09/09836-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Maria Regina Wolf Maciel
Beneficiário:Cibelem Iribarrem Benites
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Processos de separação   Óleos vegetais   Destilação molecular

Resumo

Atualmente, a substituição de insumos artificiais por naturais nas áreas alimentícias, farmacêuticas e outras, vem ganhando forte destaque mundial. Da mesma forma, a utilização de resíduos e subprodutos da indústria vem crescendo devido à necessidade de agregar valor aos produtos, além da adequação das empresas às normas ambientais. Sendo assim, o avanço no desenvolvimento das técnicas de separação vem colaborar com este anseio, fracionando, isolando, concentrando e/ou purificando compostos a partir de matrizes complexas, sem que percam suas características, produzindo ingredientes sem componentes nocivos à saúde, que podem ser utilizados diretamente ou em formulações para humanos. Dentro deste panorama, a destilação molecular vem se destacando no fracionamento e purificação de produtos naturais instáveis termicamente. Assim, o objetivo deste projeto é empregar a destilação molecular para: 1) extração de tocoferóis, fitoesteróis e ácidos graxos a partir do destilado da desodorização do óleo de soja, um subproduto rico nestes componentes e abundante no Brasil, entretanto, ainda sem utilização por parte da indústria nacional; 2) obtenção de monoacilgliceróis de alta concentração a partir dos óleos de soja, canola e girassol. Para isto, as condições de processo de destilação molecular serão otimizadas e os produtos obtidos caracterizados físico-quimicamente para a confirmação da identidade e qualidade dos mesmos. Portanto, serão desenvolvidas estratégias de processamento que possibilitem a preservação de compostos bioativos seguros para utilização como matéria-prima industrial.