Busca avançada
Ano de início
Entree

Objetos Estelares Jovens Embebidos em Regiões HII Ultracompactas

Processo: 09/07385-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Estelar
Pesquisador responsável:Cássio Leandro Dal Ri Barbosa
Beneficiário:Milton Vinícius Diogo de Sousa
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/02467-0 - A formação de estrelas de alta massa, AP.JP
Assunto(s):Formação de estrelas   Espectroscopia de luz próxima ao infravermelho

Resumo

As estrelas de alta massa têm um papel importante na evolução das galáxias. São fontes de elementos pesados, momentum, massa e energia injetados no meio interestelar. A radiação ultravioleta destas estrelas aquece a poeira das nuvens molecularesproto-estelares e produzem regiões HII ultra compactas. Entretanto,questões importantes como o tempo de vida nas regiões HII, qual a estatística de estrelas atualmente confinadas em nuvens moleculares, qual a sua taxa de formação na Via-Láctea ainda permanecem em aberto. Por estarem imersas em suas nuvens progenitoras, as estrelas de alta massapermanecem invisíveis em comprimentos de onda noóptico até que seu processo de formação tenha se encerrado e a estrela já esteja na sequência principal. A alta opacidade de regiões de formação de estrelas de alta massa em comprimentos de onda no visível impedem a identificação decandidatas a fonte ionizante de regiões HII ultracompactas. Este projetopretende utilizar-se de técnicas observacionais no infravermelho próximo e médio, onde a opacidade é bem menor, para identificar e caracterizar ascontrapartidas no infravermelho de regiões HII ultracompactas.