Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao da esteatorreia pela clinica e pelo esteatocrito em pacientes submetidos a reconstrucao de transito por y-roux e rosanov modificado apos gastrectomia total.

Processo: 07/58021-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Luiz Roberto Lopes
Beneficiário:Danielle Menezes Cesconetto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Esteatorreia   Neoplasias gástricas   Gastrectomia

Resumo

Introdução - Esteatorréia é uma das complicações mais comuns da exclusão da duodeno do trânsito intestinal após gastrectomia total, como ocorre na técnica de Y de Roux. Entre as causas, temos: exclusão do duodeno do trânsito determina uma alça sem passagem de alimento, não havendo, portanto, estímulo para as secreções pancreáticas, ocasionando uma diminuição da produção das enzimas com consequente dificuldade de absorção de nutrientes; aumento da população bacteriana, ocasionando a desconjugação dos sais biliares, tornando-os incapazes de emulsificar as gorduras. Ao longo da história, muitas técnicas de reconstrução de trânsito foram desenvolvidas para tentar evitar esses efeitos. Neste trabalho, realizaremos um estudo clínico, testando a técnica de Rosanov modificada, que mantém o duodeno no trânsito intestinal, para avaliar absorção de gordura pós-gastrectomia. Objetivo - Comparar a porcentagem de gordura nas fezes de pacientes submetidos à gastrectomia total com reconstrução de trânsito por Y de Roux e por Rosanov modificado. Também serão avaliados outros parâmetros, como diarréia, anemia, proteínas sanguíneas, perda/ ganho de peso e curto e longo prazo e sobrevida. Casuística e Métodos - O tipo de estudo será de Coorte histórico: após o levantamento dos pacientes, esses serão convocados ao serviço para realização de consulta, entrevista clínica, esteatócrito, hemograma e dosagem de proteína plasmática. Será preenchido um questionário semi-estruturado para cada paciente com base na entrevista e dados anteriores à cirurgia coletados no prontuário dos pacientes, além dos valores dos exames. O projeto foi submetido à avaliação do Comitê de Ética de Pesquisa da FCM-Unicamp, tendo obtido aprovação. A análise estatística dos resultados será realizada por teste qui-quadrado e análise de covariância - ANCOVA. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)