Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização dos fatores sigma ecf(j), sigma(l), sigma(m) e SIG(N) da bactéria Caulobacter crescentus

Processo: 08/58730-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Suely Lopes Gomes
Beneficiário:André Luiz Gomes Vieira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/56969-3 - Regulação da expressão gênica em microorganismos, AP.TEM
Assunto(s):Regulação da expressão gênica   Caulobacter crescentus

Resumo

Fatores sigma ECF são componentes essenciais da RNA polimerase e conferem à enzima especificidade por seqüências promotoras de genes específicos. Fatores sigmas alternativos estão envolvidos na transcrição de genes importantes na resposta a estresses bem como durante o desenvolvimento das bactérias. Caulobacter crescentus está entre as bactérias que codificam um maior número de fatores sigma alternativos da subfamília ECF (extracytoplasmic function) (13 fatores sigma), os quais estão geralmente envolvidos em respostas a estresses que são sentidos fora do citoplasma. A caracterização de fatores sigma da subfamília ECF de C. crescentus tem gerado informações importantes para melhor entender a função e os mecanismos de regulação dessas proteínas. Dentre os fatores sigma ECF de C. crescentus já caracterizados estão sigma(F), o qual é essencial para que a célula se adapte às condições adversas decorrentes de sua exposição a peróxido de hidrogênio; sigma(R), o qual está implicado na resposta de C. crescentus ao estresse oxidativo, sendo o gene sigR necessário para a sobrevivência da célula à exposição a oxigênio singlete e sigma(T), que se mostrou envolvido na resposta aos estresses osmótico e oxidativo. Uma vez que C. crescentus apresenta 13 fatores sigma da subfamília ECF, este projeto propõe a caracterização do papel dos genes sigJ, sigL, sigM e sigN na resposta a diferentes condições de estresses ambientais e a identificação de genes regulados pelos fatores sigma que se mostrarem envolvidos na resposta a estresses. (AU)