Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da talidomida para tratamento da Distrofia Muscular de Duchenne utilizando camundongo mdx como modelo experimental

Processo: 04/15958-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2005
Vigência (Término): 31 de agosto de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Lucélio Bernardes Couto
Beneficiário:Aline Sabrina Holanda Teixeira Alves
Instituição-sede: Centro de Saúde. Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Talidomida   Músculos

Resumo

A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) é uma doença neuromuscular causada pela mutação do gene da distrofina (dys), que codifica uma glicoproteína que compõe o sarcoesqueleto interligando o citoesqueleto à matrix extramuscular. A ausência da distrofina gera degeneração muscular levando à perda progressiva da força muscular culminando no óbito por falência cardíaca ou respiratória. Diversas abordagens experimentais estão em andamento utilizando modelos animais como o camundongo mdx exposto a exercícios excêntricos compulsórios. Este trabalho tem por objetivo avaliar a atividade da talidomida na preservação da força muscular e diminuição do processo degenerativo e inflamatório presente da DMD, utilizando camundongo mdx como modelo experimental. A droga será administrada IP e os camundongos submetidos a exercícios físicos excêntricos. Análises posteriores como medida de força muscular, dosagens bioquímicas e avaliações histopatológicas serão realizadas a fim de verificar o efeito da droga na progressão da doença. (AU)