Busca avançada
Ano de início
Entree

Envolvimento das proteínas prion celular (PrPc) e stress inducible protein 1 (STI1) na biologia de células tronco neurais e tumorais

Processo: 09/51653-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Vilma Regina Martins
Beneficiário:Tiago Góss dos Santos
Instituição-sede: Diretoria. Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/14027-2 - Mecanismos associados à função da proteína prion e seu ligante STI1/Hop: abordagens terapêuticas, AP.TEM
Assunto(s):Células-tronco   Transformação celular neoplásica   Neurogênese

Resumo

Nosso grupo está concentrado em estudar o papel fisiológico da proteína prion celular (PrPc), localizada na membrana plasmática de diversos tipos celulares e relacionada a doenças neurodegenerativas. As funções de PrPc no sistema nervoso central têm sido intensamente estudadas e, através da interação com a stress inducible protein-1 (STI1), foi demonstrada importante participação em processos relacionados plasticidade neural e ao desenvolvimento, entre eles a auto-renovarão e proliferação de células tronco neurais fetais. Adicionalmente, também foi demonstrado que a interação PrPc/STI1 está envolvida na proliferação de células tumorais, como o glioblastoma que, por sua vez, pode ter origem a partir de células tronco tumorais. A caracterização da neurogênese nos animais adultos permitiu que estas fossem associadas tanto a eventos relacionados à plasticidade cerebral quanto à provável origem de células tronco tumorais. Considerando estas evidências, este projeto tem como objetivo estudar o papel de PrPc/STI1 na biologia de células tronco no encéfalo adulto, no contexto fisiológico, incluindo processos de auto-renovação, proliferação, diferenciação e a maturação de neurônios recém formados e também no contexto tumoral, investigando se estas proteínas apresentam efeito específico sobre a proliferação de células tronco tumorais. Os resultados obtidos ajudarão a elucidar os mecanismos que governam a plasticidade neuronal e a proliferação das células tumorais e poderão contribuir para o desenvolvimento de novas terapias para o tratamento de doenças neurodegenerativas e também para o câncer. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LOPES, M. H.; SANTOS, T. G.; RODRIGUES, B. R.; QUEIROZ-HAZARBASSANOV, N.; CUNHA, I. W.; WASILEWSKA-SAMPAIO, A. P.; COSTA-SILVA, B.; MARCHI, F. A.; BLEGGI-TORRES, L. F.; SANEMATSU, P. I.; SUZUKI, S. H.; OBA-SHINJO, S. M.; MARIE, S. K. N.; TOULMIN, E.; HILL, A. F.; MARTINS, V. R. Disruption of prion protein-HOP engagement impairs glioblastoma growth and cognitive decline and improves overall survival. Oncogene, v. 34, n. 25, p. 3305-3314, JUN 2015. Citações Web of Science: 12.
MACHADO, CLEITON F.; BERALDO, FLAVIO H.; SANTOS, TIAGO G.; BOURGEON, DOMINIQUE; LANDEMBERGER, MICHELE C.; ROFFE, MARTIN; MARTINS, VILMA R. Disease-associated Mutations in the Prion Protein Impair Laminin-induced Process Outgrowth and Survival. Journal of Biological Chemistry, v. 287, n. 52, p. 43777-43788, DEC 21 2012. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.